Curso Básico de Cinema
icon-curso-video

Capacitar os participantes à aprendizagem da técnica e da linguagem cinematográfica através da teoria (história do cinema e a evolução de sua linguagem a nível mundial e brasileiro) e do treinamento prático (processo de realização audiovisual que envolve, entre outros elementos, roteiro, produção, montagem, edição, etc).

Ementa

 

  • HISTÓRIA E DESENVOLVIMENTO DA LINGUAGEM CINEMATOGRÁFICA.

Os pioneiros de uma nova linguagem. David Griffith e a narrativa hollywoodiana. Anos 1920: cinema alemão. Anos 1920: vanguardas europeias. Cinema soviético. O Neorrealismo italiano. A Nouvelle Vague e outros “cinemas novos”. Cinema brasileiro: pioneiros, chanchadas e produção industrial. Cinema Brasileiro: Cinema Novo. Cinema contemporâneo: no Brasil e no exterior.

 

  • ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO

Os aspectos e elementos fundamentais do roteiro de ficção para cinema e audiovisual. As técnicas e os procedimentos básicos para criação de histórias audiovisuais, personagens e diálogos. Exercícios de escritura de roteiro de ficção para cinema e audiovisual a partir do estudo dos aspectos dramáticos e narrativos da estrutura do roteiro: da concepção ao roteiro literário.

 

  • DIREÇÃO CINEMATOGRÁFICA

A função de direção em obras cinematográficas e audiovisuais, a linguagem cinematográfica clássica e a gramática audiovisual. Realização da decupagem a partir do(s) roteiro(s) desenvolvido(s).

 

  • DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA

O que faz o profissional. A matéria prima do trabalho do Diretor de Fotografia. Ferramentas de trabalho. A câmera, escolha de lentes e referências estéticas. Decisões, instrumentos de controle e etiqueta no Set. O desenvolvimento da linguagem visual. Exercícios Práticos.

 

  • SOM NO AUDIOVISUAL

Acústica. O som e suas propriedades. O Som no Cinema. Equipamentos de Gravação e monitoramento.

 

  • EDIÇÃO DE VÍDEO

Conceitos e teoria de imagens e vídeos digitais, formatos Analógicos e Digitais, formatos de arquivos de vídeo e Compressores de vídeo – CODECS. Instruções práticas sobre como montar uma ilha de edição, metodologia de trabalho e Importação e montagem do material

 

  • PRODUÇÃO CINEMATOGRÁFICA

O estudo da função da produção em obras cinematográficas e audiovisuais. Elaboração dos documentos de produção necessários para a realização do(s) filme(s), considerando limitações de produção, bem como o plano de filmagem, a partir dos roteiros selecionados.

Professores

 

FIRMINO HOLANDA

Graduado em História (1978), professor e pesquisador de Cinema da UFC desde 1992. Dentro desta área do conhecimento, publicou livros sobre o assunto, entre os quais: “Orson Welles no Ceará”, “Benjamim Abrahão” e “Do Sertão a Saturno: O Ceará no Cinema (1900-1940)”; também, desde os anos 1980, escreveu centenas de artigos em jornais, revistas e livros, além de comentários para rádio (FM UFC). Colaborou em dezenas de filmes de realizadores cearenses, na área do roteiro e da montagem, ou ainda como consultor.

 

GRÁ DIAS

Formada em Letras pela UFC, é atualmente aluna do mestrado em Literatura Comparada na mesma instituição, em que desenvolve dissertação acerca da adaptação de mito grego clássico para o cinema ocidental contemporâneo. É realizadora audiovisual desde o ano de 2002, tendo participado de diversos curtas e longas-metragens dos gêneros animação, documentário e ficção. Ministrou oficinas e cursos nas áreas de cinema em escolas, ONGs e universidades. Participou como curadora, bem como júri, de festivais e mostras audiovisuais. Seu primeiro contato com audiovisual foi como bolsista no núcleo de animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira.

 

MICHELLINE HELENA

Formada em Dramaturgia e Realização Audiovisual pelo Instituto Dragão do Mar, tendo cursado especialização em Audiovisual para Meios Eletrônicos na UFC. Atua no mercado audiovisual desde 2002, trabalhando como roteirista, diretora, produtora e assistente de direção em obras de curta e longa metragem. Exerceu a função de professora de Roteiro nos cursos de Cinema e Audiovisual da UFC e de Cinema e Novas Mídias na UNIFOR. Como Roteirista e Diretora seus mais recentes trabalhos são os curtas “Do que se faz de Conta” e “Oceano”, ambos realizados através do edital de Cinema e Vídeo da Secult-CE e realizados em parceria com Amanda Pontes, e o média-metragem “Topofilia”, roteirizado e dirigido pelas duas e vencedor do Prêmio de Melhor Montagem no 40º Festival Guarnicê de Cinema. Seus trabalhos mais recentes foram na 1ª Assistência de Direção dos longas: “Inferninho”, de Pedro Diógenes e Guto Parente; “O Eterno Retorno”, de Lilia Moema; “Guerra de papel”, de Deo Cardoso; e “Pacarrete”, de Allan Deberton.

 

JOE PIMENTEL

Fotógrafo e diretor de filmes e vídeos, iniciou sua carreira na década de 80 realizando filmes em Super-8. Participou como Operador de Câmera, Fotógrafo e Assistente de Direção de diversas produções rodadas no Ceará, como: Luzia Homem; Sertão das Memórias; Um Cotidiano Perdido no Tempo; O Último Dia de Sol; Juazeiro – A nova Jerusalém, Dom Helder Câmera – O Santo Rebelde; Oropa, França e Bahia; Villa Lobos – Uma Vida de Paixão; Milagre em Juazeiro; Noviço Rebelde, entre outros. Em 2001 dirigiu o curta-metragem em 35mm Retrato Pintado, filme que recebeu mais de 20 premiações em festivais nacionais e internacionais. Em 2007/2008 codirigiu o longa-metragem Bezerra de Menezes – O Diário de Espírito. Em 2008 realizou com Armando Praça, o curta-metragem Invenção do Sertão. Em 2010 filmou o longa Homens Com Cheiro de Flor e em 2012 produziu o documentário Damas da Liberdade junto com Célia Gurgel. Atua também desde 1999 como professor de Fotografia no curso de Cinema da Casa Amarela Eusélio Oliveira da Universidade Federal do Ceará.

 

VINICIUS MORAES

Professor, realizador audiovisual, roteirista e pesquisador. Formado em Letras pela UFC (2009), divide-se desde então entre as salas de aulas da rede pública e a formação em cinema e audiovisual. Sempre procurando experiências que unam o conhecimento e a realidade objetiva. É a partir dessas premissas que encara o cinema, a sala de aula e a formação pessoal.

 

NONATO NEVES

Técnico de audiovisual na Casa Amarela Eusélio Oliveira. Desenvolve atividades de edição e finalização de vídeo, operação de câmera e captação de som. Iniciou sua carreira no mercado de audiovisual em 1996 realizando trabalhos de edição de vídeo e computação gráfica, tendo também sido professor no SENAC e Estácio/FIC. Especialista em Educação pela Fiocruz, com Licenciatura em Ciências pela UECE e graduado em Ciências Contábeis pela UFC, Técnico em Desenvolvimento de Jogos Eletrônicos Unichristus/Pronatec e Técnico de Operação de Câmera pelo Instituto Dragão do Mar.