Projeto de ampliação da Casa Amarela é apresentado ao reitor da UFC
ft_200210_caeo2_gr-1-768x576

O projeto de ampliação da Casa Amarela Eusélio Oliveira foi apresentado na manhã desta segunda-feira (10/02) ao Reitor da Universidade Federal do Ceará, Cândido Albuquerque. Junto com a ampliação do equipamento, destaque para a criação do Memorial do Cinema Brasileiro. A ideia, inédita no Brasil, consiste em um museu digital interativo voltado para a sétima arte, com grande potencial educativo e turístico.

Para tratar da reformar e ampliação desse importante equipamento cultural da UFC, o reitor Cândido Albuquerque recebeu em seu gabinete o diretor da Casa Amarela, Wolney Oliveira, o secretário estadual da Ciência e Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, o secretário estadual da Cultura, Fabiano Piúba, os professores do Departamento de Arquitetura e Urbanismo e Design da UFC Romeu Duarte e José Sales, e o técnico em audiovisual da Casa Amarela, Nonato Neves.

Durante a reunião, Wolney Oliveira explicou que a proposta de ampliação da Casa Amarela prevê uma série de mudanças em sua estrutura, que passaria a ocupar uma área total de cerca de 8 mil metros quadrados, em um prédio vertical. O projeto contempla a construção de salas de aula, biblioteca especializada, incubadora de empresas juniores da área de audiovisual, sala de cinema completamente acessível a pessoas com deficiência, estacionamento, entre outras unidades.

 

Já o Memorial do Cinema Brasileiro será instalado em uma área de 1.100 metros quadrados. Trata-se da ideia de um museu digital e interativo, com telas de projeção contínua, nos moldes do que é visto no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.

Com apoio da Secretaria da Cultura e da Secretaria da Ciência e Tecnologia e Educação Superior, a proposta da ampliação da Casa Amarela reforçar o potencial do chamado Corredor Cultural do bairro Benfica, onde também estão situados equipamentos como o Museu de Arte da UFC (MAUC), o Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno, o Conservatório de Música Alberto Nepomuceno, entre outros.

Apoio da universidade

O Prof. Cândido Albuquerque ouviu do grupo os detalhes da proposta e demonstrou apoio à ampliação da Casa Amarela, que atua no desenvolvimento do cinema e audiovisual no Ceará e no Brasil. “A Universidade e a sociedade precisam conhecer o valor de nossa Casa Amarela”, afirmou.

O reitor lembrou que tem se empenhado na captação de recursos para obras prioritárias da gestão, que incluem a conclusão de blocos didáticos, laboratórios e obras de acessibilidade nos campi da Capital e do Interior, e discutiu com o grupo alternativas de financiamento para a reestruturação da Casa Amarela.

De acordo com os secretários Fabiano Piúba e Inácio Arruda, estão entre possíveis fontes de recurso os editais públicos do Mecenato Estadual e da Lei Rouanet, além de emendas parlamentares e agências nacionais e internacionais de fomento à cultura, ciência e tecnologia.

Segundo o diretor da Casa, Wolney Oliveira, uma vez que a proposta foi aprovada pela Reitoria, o trabalho de captação de recursos será empreendido pela equipe envolvida para a elaboração do projeto executivo e, posteriormente, para a viabilização das obras.

Fonte: Casa Amarela Eusélio Oliveira

Assessoria de Comunicação da UFC.

CASA AMARELA ABRE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS BÁSICOS DE CINEMA E FOTOGRAFIA
CASA AMARELA APOIA CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO
01-dsc04253

 

A Casa Amarela Eusélio Oliveira (CAEO) é um berço da animação no Brasil. Grandes animadores fazem parte da história da casa – nomes como Mariana Medina, Telmo Carvalho, Diego Akel, Levi Magalhães, Clayton Bochecha e Bárbara Cabeça. Lá, o Núcleo de Cinema de Animação (NUCA) mantém, há mais de trinta anos, a forte tradição de apoiar os profissionais da animação cearense. E, até hoje, quem entra na sala da truca* da CAEO pode notar que essa tradição continua viva.

Grudados nas paredes escuras, os storyboards** denunciam a nova empreitada. Varando horas, dias, meses, em um silêncio sagrado, Jeferson Hamaguchi, animador cearense, acompanhado do mestre da animação Josimário Façanha, realiza a pintura, quadro a quadro, da mais nova produção desenvolvida em parceria com a CAEO, o curta-metragem “Água de Pote”. O filme, que não segue um roteiro narrativo clássico, mostra a menina Alice, que tem seu fluxo da vida relacionado com o ciclo da água. Segundo Jeferson, o trabalho, além de discutir sobre o tema, é uma oportunidade para refletir sobre si mesmo e sobre o fluir da vida, demonstrando a postura zen do artista não só em seu método de trabalho, mas também na forma como encara o tema do projeto.

Formado no Curso Cinema de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira, Jeferson tem os animadores Caroline Leaf e Aleksandr Petrov como referências na técnica de animação que utiliza: a pintura em vidro. Antes do curso, Jeferson já havia tido outras experiências, mas, segundo o artista, o curso lhe forneceu novas ferramentas estéticas e lhe trouxe a possibilidade de experimentar e aprimorar tal técnica, que já havia sido utilizada por ele no seu trabalho anterior, “Fátima”, 3º lugar no concurso “Água em Movimento” do Festival Internacional de Animação do Brasil – ANIMA MUNDI.

Seu atual trabalho, “Água de Pote”, está previsto para ser lançado no primeiro semestre de 2020 e tem o patrocínio do Governo do Estado do Ceará, através de lei de incentivo à cultura, tendo sido contemplado no XIII Edital Ceará Cinema e Vídeo. O artista afirma ainda que, além da estrutura da Casa Amarela Eusélio Oliveira, ele tem ao seu lado um companheiro de trabalho que é fundamental: o animador Josimário Façanha, professor do Curso Cinema de Animação da CAEO. Jeferson não só agradece pela presença do companheiro, como também cita o aprendizado inestimável, fruto do contato com esse artista, um dos muitos que, assim como Jeferson, contribuíram e contribuem para um cenário sempre vivo e profícuo da animação cearense.

*Equipamento de captação de animação tradicional.
**Série de ilustrações sequenciais que permitem a pré-visualização de um filme.

Texto e Fotos: Vinícius Alves
Revisão e Edição: Wagner Nogueira

CASA AMARELA ABRE INSCRIÇÕES PARA OS CURSOS BÁSICOS
arte-inscricoes-casa-amarela-02

A Casa Amarela Eusélio Oliveira (CAEO), equipamento da Universidade Federal do Ceará (UFC) está, a partir dessa segunda-feira (15/07), com inscrições abertas para os cursos básicos de Cinema, Fotografia e Cinema de Animação.

Os interessados devem comparecer à secretaria da CAEO, das 8h às 18h, portando originais e cópias do RG, CPF, além de uma fotografia 3×4.

Requisitos: a idade mínima para os cursos de Fotografia e Cinema é 16 anos, já para o curso de Cinema de Animação é 12 anos.

Valor: os cursos de Fotografia e Cinema de Animação têm uma taxa única de R$ 400,00 e o Curso Básico de Cinema tem uma taxa única de R$ 500,00.

Carga-horária, turmas disponíveis e data do início das aulas:

CINEMA| 150 horas/aula | Aprox. 12 semanas |
Noite: 2ª a 5ª, das 19h às 21h30.
Início das aulas: 09/09/2019

CINEMA DE ANIMAÇÃO | 60 horas/aula | Aprox. 10 semanas |
Tarde: 2ª a 4ª, das 14h às 16h
Início das aulas: 30/09/2019

FOTOGRAFIA | 60 horas/aula | Aprox. 10 semanas |
Manhã: 3ª, 4ª e 5ª, das 10h às 12h.
Tarde: 3ª, 4ª e 5ª, das 14h às 16h.
Noite: 2ª, 4ª e 5ª, das 19h às 21h.
Início das aulas: 09/09/2019 (noite) e 10/09/2019 (manhã e tarde)

SERVIÇO

Casa Amarela Eusélio Oliveira – UFC
Endereço: Av. da Universidade, 2591 – Benfica
Tel: (85) 3366 7772 / (85) 3366 7771
E-mail: caeo@ufc.br

Casa Amarela terá 4 filmes no Anima Mundi
filmes-anima-mundi-nuca

 

A Casa Amarela Eusélio Oliveira, equipamento cultural da Universidade Federal do Ceará, classificou quatro filmes realizados por seu Núcleo de Cinema de Animação (NUCA) para o maior festival de animação da América Latina, o Anima Mundi.

Os filmes foram: A vila (produzido no projeto Enel Compartilha Animação), A revolta do coqueiro e Garrafa mágica(produzidos em oficinas realizadas em escolas públicas), e História de pescador. Este último é resultado de trabalho de conclusão do curso básico de cinema de animação de Starlei Nascimento Costa.

A edição 2019 do Anima Mundi ocorrerá de 17 a 21 de julho, no Rio de Janeiro, e de 24 a 28 de julho, em São Paulo. Além de filmes de longa-metragem (quatro na categoria adulta e quatro na infantil), o Anima Mundi selecionou 295 filmes de curta-metragem, incluindo a categoria de filmes em realidade virtual, que farão parte das mostras competitivas e não competitivas da edição deste ano.

A lista completa dos filmes selecionados está disponível no site do festival.

Casa Amarela Eusélio Oliveira – fones: (85) 3366 7772 e 3366 7771

4° MAN: Inscrições prorrogadas
4º MAN - Mercado Audiovisual do Nordeste

 

Atendendo às solicitações de produtoras e de realizadores do audiovisual, as inscrições para o 4º MAN – Mercado Audiovisual do Nordeste, que acontece em Fortaleza de 25 a 28 de junho de 2019, foram prorrogadas até o dia 02 de junho. Os interessados podem inscrever até três projetos para as Rodadas de Negócios. Destes, dois podem ser inscritos, também, para os Pitchings abertos e um para o Encontro Ibero-americano de Coprodução.

Estão confirmados os players: Canal Brasil, GloboNews, Arte 1, Globo Filmes, Canal Curta, TV Record, Boutique Filmes, NBC Universal, Elo Company, Giros, 44 Toons, Bananeira Filmes, Moonshot Pictures e Glaz, que tem entre suas realizações o filme “Cine Holliúdy 2”. Outros players ainda estão confirmando presença.

A participação das empresas produtoras e realizadores no 4º MAN é uma oportunidade de apresentar novos projetos audiovisuais, como séries e filmes, de uma única vez para representantes de vários canais ou plataformas online de exibições durante os Pitchings, de viabilizar novos contratos nas Rodadas de Negócios, e novas parcerias no Encontro Iberoamericano de Coprodução. A curadoria é de Alfredo Manevy, ex-presidente da Spcine e exSecretário Executivo do Ministério da Cultura.

As informações e fichas de inscrição estão disponíveis no site www.mercadoaudiovisual.com.br. O Iate Plaza Hotel está com tarifa promocional para os participantes. Confira também no site do MAN.

O 4º MAN é apresentado pelo Ministério da Cidadania – Secretaria Especial da Cultura e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, que patrocina o evento junto com a Agência Nacional do Cinema – ANCINE e o Fundo Setorial do Audiovisual – FSA. É realizado pela Bucanero Filmes com apoio institucional da Agência de Desenvolvimento do Ceará – ADECE, da Câmara Setorial Audiovisual – CSA e da Universidade Federal do Ceará através da Casa Amarela Eusélio Oliveira. E conta com parceria da Brasil Audiovisual Independente – BRAVI.

SERVIÇO

4º MAN – Mercado Audiovisual do Nordeste – Inscrições prorrogadas até o dia 02 de junho para o evento, que acontece de 25 a 28 de junho de 2019 no BNB Passaré (Av. Dr. Silas Munguba, 5700, Passaré – Fortaleza/CE). Informações: www.mercadoaudiovisual.com.br. Contatos: organizacao@mercadoaudiovisual.com.br